Blog

Como controlar a crise de ansiedade?

28/08/2019 publicado por: ahsako

Você já se sentiu como que estivesse invariavelmente em situação de risco, como se algo de ruim pudesse ocorrer a qualquer momento?

Costuma nessas situações, apresentar sintomas como taquicardia? Respiração irregular ou falta de ar? Uma sensação de medo constante e até mesmo tremores no corpo?

Se você respondeu sim a boa parte dessas perguntas, as chances de você ter uma de crise de ansiedade são muitas!

O que fazer quando tal cenário surge em seus dias?

É muito importante encontrar soluções e garantir melhor qualidade de vida, afinal, é plenamente possível lidar com o problema e controlar a crise de ansiedade.

Quer saber como encontrar respostas e soluções para outras questões relacionadas? Como por exemplo:

  • Como saber se estou tendo uma crise de ansiedade?
  • O que fazer durante uma crise de ansiedade?

Então continue com a leitura desse artigo, ele foi feito especialmente para você, acompanhe!

O que é ansiedade?

O Transtorno de Ansiedade é definido como um estado emocional de apreensão. Se por um lado, o medo tem um objeto definido, ou seja, o indivíduo tem medo de algo que ele sabe o que é, na ansiedade o que ocorre é a expectativa de que algo ruim aconteça. Se trata de uma emoção difusa, focada para o futuro

Durante uma crise de ansiedade, a mente costuma criar uma série de pensamentos em relação as expectativas (positivas ou negativas) de acontecimentos futuros.

Além disso, é comum que durante o estado de ansiedade, a pessoa seja acompanhada de desconforto e reações físicas.

Dentre os principais Transtornos de Ansiedade, podemos mencionar:

  • Fobia Social;
  • Estresse Pós-Traumático;
  • Síndrome do Pânico;
  • Fobia Específica;
  • Transtorno Obsessivo-Compulsivo;
  • Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG).

Um alerta: a ansiedade é uma emoção normal do ser humano. Diante de algum evento importante na vida da pessoa, ou até mesmo um desafio cotidiano, seja na vida pessoal, nos estudos ou trabalho.

No entanto, a ansiedade em excesso pode se tornar um distúrbio. É nesse sentido que nos referimos ao termo aqui.

Como saber se estou tendo uma crise de ansiedade?

A melhor forma de identificar se você ou alguém está sofrendo uma crise de ansiedade, é prestar atenção em alguns sintomas, tais como:

  • Coração batendo mais forte que o normal (palpitações);
  • Dores no peito;
  • Aumento da transpiração e rubor facial;
  • Medo de perder o controle da situação;
  • Relaxamento dos esfíncteres com aumento da necessidade de urinar e/ou diarreia;
  • Aumento da tensão muscular principalmente na região do pescoço e ombros;
  • Pressão sanguínea elevada;
  • Sensação de sufocamento;
  • Dificuldade para engolir;
  • Tontura;
  • Boca seca;
  • Dor de cabeça;
  • Respiração rápida e ofegante;
  • Náusea;
  • Sensação de estômago embrulhado;
  • Indigestão.

Diante de um quadro típico de ansiedade, é comum que o indivíduo apresente uma série destes sintomas, como a falta de ar e a sensação de aperto no peito.

A frequência cardíaca é elevada e o sentimento de irritabilidade e preocupação intensificada com situações que sequer aconteceram, caracterizam a ocorrência do distúrbio.

O que fazer durante uma crise de ansiedade: dicas  para controlar o quadro

Uma das opções diante de uma crise de ansiedade é apostar em técnicas de respiração e relaxamento.

Mas, há ainda diversas outras dicas para lidar com o problema quando ele ocorre:

  • Controle a respiração: procure esvaziar os pulmões e posteriormente, de maneira suave, inspire pelo nariz. Conte lentamente até quatro e faça a barriga expandir. Feito isso, expire de forma suave, contando até seis. O ideal é tentar respirar ao menos de oito a 12 vezes por minuto;
  • Observe os sinais iniciais: quando uma crise começa, ela envia sinais enviados pelo seu corpo. Preste atenção e ao perceber que a crise está no estágio inicial, você terá maiores chances de evitar que ela evolua;
  •  Faça exercícios físicos, busque atividades que sejam prazerosas para você, como por exemplo, ouvir música, escrever, assistir um filme, entre outras. São atitudes simples, mas que no dia a dia trazem ótimos resultados;
  • Procure a ajuda especializada: a ajuda médica e psicológica é determinante para lidar com a crise de ansiedade e realizar um diagnóstico. Uma profissional da área da psicologia é a pessoa mais indicada, tanto para identificar os sintomas, quanto para trabalhá-los no tratamento.

A psicoterapia para ansiedade, por exemplo, promove uma série de oportunidades de lidar com os transtornos do paciente, ajudando a transformar a vida da pessoa para melhor.

Se identificou com o tema? Tem notado que constantemente tem sido alvo de ansiedade? Não sofra sozinho (a), procure ajuda agora mesmo e se tiver alguma dúvida, deixe nos comentários ou envie um e-mail para nós, certo? Curta nossa página do Facebook e nosso perfil no Instagram para não perder os próximos conteúdos. Até a próxima!

Tags: #Ansiedade #Crise #Psicoterapia #Tratamento para ansiedade